Geografia


1.

Sobre o espaço geográfico é correto dizer que:



O espaço geográfico é configurado pelos elementos físicos, naturais ou artificiais, como rios, mares, florestas, montanhas, pontes, ruas, edifícios, etc.

O espaço geográfico é a paisagem em movimento, isto é, envolve a análise dos objetos artificiais e naturais a partir das relações sociais, econômicas e da própria História.

O espaço geográfico é estático, físico, representa a natureza e o mundo artificial. É como se fosse um palco, onde atuam os atores, que seriam os seres humanos.

O espaço geográfico pode ser dividido em inúmeros outros espaços: espaço econômico, espaço natural, espaço cultural, espaço político, espaço social, etc.

O espaço geográfico está sempre se modificando, de acordo com as técnicas e relações sociais de cada período; o que já existia desaparece completamente para dar lugar ao novo.


2.

Ao falarmos sobre a paisagem geográfica, é correto dizer que:



A paisagem pode nos mostrar a realidade de um lugar, uma cidade ou país.

A paisagem possui movimento, sendo capaz de nos desvendar a evolução de um certo lugar.

A paisagem se refere à natureza, ou seja, lugares onde ainda não percebemos a presença humana.

A paisagem é um fragmento do espaço, um instantâneo; sendo estática, pode apenas ser descrita, e não analisada.

A paisagem, assim como o espaço, são elementos que nos ajudam a compreender a evolução do mundo.


3.

Observe a animação:

É correto dizermos que:



A mudança do espaço, revelado pelas diferentes paisagens nos dá a exata idéia da metamorfose do espaço.

A imagem demonstra, em linhas gerais, que paisagem e espaço são a mesma coisa, ou seja, é tudo aquilo que nos cerca.

Apenas se utilizarmos outros conceitos geográficos, como o de processos, por exemplo, é que podemos entender a metamorfose do espaço.

A imagem nos mostra diversas frações do espaço, em determinado tempo, nos permitindo entender a evolução desse espaço.

A imagem demonstra que podemos entender a metamorfose de um lugar apenas vendo sua seqüência histórica de paisagens.


4.

Observe o mapa, e, com base nele, assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, a distância entre Campinas e Belo Horizonte e entre Campinas e Campo Grande.



500 km e 875 km

250 km e 575 km

250 km e 437 km

750 km e 1.250 km

500 km e 1.125 km


5.

Todas as representações da superfície terrestre em um plano acabam ocasionando distorções nas formas e dimensões das terras emersas, assim como dos oceanos e mares. Dentre as diversas projeções conhecidas, que produzem distorções de formas variadas, identifique a que foi utilizada na figura.



Projeção policônica, vários cones tangentes à esfera. Os meridianos são linhas retas e convergentes e os paralelos círculos concêntricos.

Projeção Mollweide, com paralelos horizontais e eqüidistantes e os meridianos formando elipses, o que diminui a deformação das terras dos pólos.

Projeção de Peters, que mantém as proporções das áreas das terras e dos oceanos e mares, mas alonga a forma dos continentes. Destaca as terras de baixas latitudes.

Projeção cilíndrica, com paralelos retos e meridianos retos e eqüidistantes, amplia muito as dimensões das terras polares e circumpolares.

Projeção azimutal, com todos os paralelos circulares e meridianos convergentes em direção a um centro. Muito usado para a representação de áreas polares.


6.

Analisando a representação das diferentes altitudes e da hidrografia da área mapeada, podemos inferir que, no local assinalado pela letra A, temos:



Rebaixamento do relevo e desaguadouro de rios.

Um lago com suas profundidades.

Maiores altitudes e nascentes dos rios.

Altitudes superiores a 800 metros.

Altitudes inferiores a 500 metros.


7.

Comparando as duas seqüências de figuras, é correto afirmar que:



As figuras I, II e III representam curvas de nível ou isoípsas, com eqüidistância de 200 m.

Quanto menor for a eqüidistância entre as curvas, mais plano será o terreno.

A figura II está relacionada à figura A.

As figuras A, B e C, apesar de parecerem, não são perfis topográficos.

A figura I está relacionada à figura C.


8. No dia 22 de dezembro, ou seja, no solstício de verão do hemisfério sul, o Sol está em posição perpendicular ao:

Trópico de Câncer.
Trópico de Capricórnio.
Equador.
Círculo polar Ártico.
Círculo polar Antártico.

9. Veja as afirmativas abaixo:

I - A estação do verão para o hemisfério Sul ocorre no momento em que a Terra está no periélio (31/12), o que explica o aquecimento deste hemisfério.

II - A estação do verão para o hemisfério Norte ou hemisfério Sul ocorre pela incidência solar direta (ângulo de 90º) entre os círculos polares.

III - As baixas temperaturas do inverno polar não conseguem ser compensadas pelo verão em função da incidência solar indireta.

IV - O plano do Equador terrestre está inclinado 23º27' em relação ao plano da eclíptica, o que explica as estações do ano.

Escolha a alternativa que reúna as assertivas corretas.


I, II e IV.
II e III.
II, III e IV.
III e IV.
I e IV.



     
  

Estude este conteúdo em:
O que é Geografia?
O espaço geográfico
A técnica, o homem e o tempo
A técnica e a produção do espaço geográfico
A paisagem geográfica
O espaço contemporâneo: meio técnico - científico - informacional
Amazônia Azul. Uma nova região?

Copyright © 2010. Portal Clickideia ® - Todos os Direitos Reservados